domingo, 8 de julho de 2012

Desastre - S. G. Browne


Título: Desastre
Autor: S. G. Browne
Editora: Leya
Número de páginas: 272

Num mundo onde os sentimentos, caminhos e valores dos seres humanos são comandados por entidades superiores, o destino pode ser traiçoeiro. S. G. Browne andou pensando sobre tudo isso e criou uma nova mitologia, em que os sentimentos, pecados e caminhos do ser humano são guiados por seres extravagantes, egoístas e muitas vezes irresponsáveis. O Narrador da história é Fado, um imortal que designa sinas aos homens, mora num apartamento de luxo em Nova York e veste uma atraente roupa humana. Solidário com seus clientes e apaixonado por uma vizinha, passa a burlar suas tarefas, alterar destinos e bagunçar as coisas no reino dos Céus.

Devo confessar que o que mais chamou minha atenção para este livro foi a capa e acabei o comprando sem nem saber direito sua história. Ao chegar, junto com outros três livros, a frase na capa me fez querer lê-lo imediatamente e assim o fiz.
O Amor não é uma escolha. É um desastre.
Desastre nos apresenta um mundo como o nosso, onde tudo é controlado por entidades em uma espécia de "roupa humana" e assim podem andar livremente entre seus humanos. Entidades? Que entidades? Lembra dos pecados capitais? Pois é, são eles. Também existe Destino, Fado, Sorte, Morte, entre outros.  Algumas dessas entidades possuem nomes humanos como Morte, que é conhecido como Dennis, e Deus, podemos chama-lo de Jerry. 

Ao começar a ler nos deparamos com a narração de Fado, ou Fábio como preferir chamá-lo. Ele nos apresenta esse mundo e seus amigos imortais. Nos apresenta os seus humanos. Humanos que estão na chamada trilha do Fado, estão fadados a nunca vencerem na vida. Sempre são/ou irão virar drogados, estupradores, pedófilos, assaltantes ou casais com suas vidas destruídas. 

Fábio acaba conhecendo Sara, uma humana muito especial que está na trilha de Destino, e se apaixona por ela. Movido por esse amor e por estar cansado de ver seus humanos sofrendo ele acaba interferindo e quebrando regras.
Regra Nº1: Não se envolva com humanos.
Este livro nos faz pensar em qual trilha estamos. Fábio nos mostra momentos de alguns de seus humanos em que eles podem ter até 3 caminhos e ao menos um deles nos levando a trilha de Destino. Mas como humanos, temos a tendencia de ir pelo mais difícil, de errar até vermos lá na frente que poderíamos ter escolhido algo melhor, mas talvez já seja tarde. 

O escritor conseguiu desenvolver muito bem o livro apesar do tema. Cheio de ironias e um certo humor que consegue nos fazer rir mesmo que seja brevemente. Além de nos explicar conceitos que muitas vezes nem ligamos em saber.


3 comentários:

Bruninha disse...

Resenha muito bem feita, deu vontade de ler o livro. Adorei, parabéns!

Letícia Estella de Lima disse...

Eu já tinha visto esse livro e o que não me encantou foi exatamente a capa. Pensei que era mais um livros de anjos ou algo do gênero, haha.

Mas gostei da sinopse e a história parece ter mesmo uma premissa bem diferente! Sua resenha me convenceu a lê-lo quando tiver a oportunidade :D

Vinícius disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

 
;